Há 50 anos, Iguatemi tornou-se 1º shopping de SP

Por Cristiano Cipriano Pombo

Há 50 anos, a cidade de São Paulo inaugurava seu primeiro shopping center.

Então maior centro de compras da América do Sul, o Shopping Center Iguatemi foi inaugurado oficialmente no dia 27 de novembro de 1966, às 17h. Na ocasião, o cardeal arcebispo de São Paulo, dom Agnelo Rossi, celebrou uma missa, momento antes de o governador Laudo Natel e o prefeito Faria Lima, com outras autoridades, visitarem as dependências do local.

Naquele dia, um dos destaques da festa para o público de 5.000 pessoas foi uma série de apresentações musicais, realizada a partir das 19h, que contou com Chico Buarque, Nara Leão, Chico Anysio, Eliana, Booker Pittman e Caçulinha.

IMG_6706
Anúncio publicado na Folha em 27 de novembro de 1966, sobre a inuguração do shopping Iguatemi (Crédito: Folhapress)

A construção do local já era anunciada nas páginas da Folha desde 1964, quando, por meio de anúncios, o engenheiro-arquiteto civil Alfredo Mathias (1906-1982), que liderava construtora com seu nome e a Shopping Centers Reunidos do Brasil S.A., anunciava que o shopping seria “a mais importante concentração de varejo de São Paulo e forma nova e racional de aplicação imobiliária, que proporcionará rendimentos crescentes com absoluta segurança“.

Com o intuito de atrair investimentos e mostrar a viabilidade do lançamento, sucessivos anúncios foram publicados na Folha explicando o conceito de shopping center e quais as possibilidades de ganhos e os potenciais da região, além de convocar corretores e investidores.

Iguatemi
Um dos anúncios em que Alfredo Mathias explicava o conceito de shopping center (Crédito: Folhapress)

Mathias, que se formou engenheiro-arquiteto e civil na Escola Politécnica de São Paulo (“Os Arquitetos da Poli – Ensino e Profissão em São Paulo”, de Sylvia Ficher, pela EdUSP, págs. 229 e 230), chegou a levar a promoção do shopping para a televisão, com um pronunciamento feito em cadeia pela TV Tupi, TV Record e TV Excelsior em 10 de junho de 1965.

Anúncio do Shopping na TV - 10.jun.1965

O êxito das ações foi tanto que, 90 dias após o pronunciamento na TV,  o engenheiro anunciava ter vendido 91% das cotas do empreendimento.

Ao todo, como informou a Folha, foram realizadas 14 pesquisas de mercado para assegurar que o lançamento nos bairros Pinheiros, Jardim América, Jardim Europa, Jardim Paulistano e proximidades tinha potencial para vender para 800 mil pessoas, cuja renda atingia Cr$ 54,5 bilhões.

O sucesso foi tanto que, após o lançamento da pedra fundamental em 3 de abril de 1965,  o Shopping Center Iguatemi foi erguido em apenas 16 meses e contava à época de sua abertura com 23 mil donos, que compraram 60 mil cotas de participação no empreendimento.

Além de abrigar 72 lojas, o shopping gabava-se de contar com cerca de 1.000 vagas de estacionamento, prontas para atender a região que, apesar de contar com 20% da população paulistana, ostentava mais da metade dos carros da cidade.

Mathias tornou-se o primeiro administrador do local, com mandado de cinco anos. Nesse primeiro período à frente do shopping, ele viu o número de lojas saltar para 160, com um fluxo de quase 1 milhão de pessoas por mês.

O shopping, que desde 1966 chamou a atenção para campanhas natalinas, com triunfais chegadas do Papai Noel, chegou a sortear nos anos 90 um BMW para os consumidores durante as compras de Natal.

Anúncio publicado na Folha em 28 de novembro de 1966, em alertava para a chegada do Papai Noel no Shopping Center Iguatemi
Anúncio publicado na Folha em 28 de novembro de 1966, que alertava para a chegada do Papai Noel no Shopping Center Iguatemi

Foi também a partir de um incêndio no Cine Iguatemi, em 1994, que destruiu toda a instalação, que salas de cinema passaram a contar com instruções de segurança.

Hoje, em que ostenta um relógio d’água na entrada (foto no alto) –ele foi criado pelo francês Gitton Bernard e utiliza tubos de vidro e líquido colorido para marcar as horas e os minutos–, do qual existem apenas quatro no mundo, o shopping Iguatemi possui 314 lojas e registra mais de 1,5 milhão de visitantes por mês.

Em setembro deste ano, a revista sãopaulo publicou especial sobre shopping centers com 25 curiosidades sobre o “cinquentão” Iguatemi.

Título de reportagem da revista sãopaulo, em 16 de setembro de 2016
Título de reportagem da revista sãopaulo, em 16 de setembro de 2016

A publicação mostrou, por exemplo, que apenas 9 lojas continuam no local desde a inauguração:  Giuliano Joias, AB Uniformes, Fotóptica, Jogê, Americanas, Pão de Açúcar, Renata, Sinhá e Drogaria Iguatemi.

Uma mostra de que as expectativas de Alfredo Mathias estavam corretas é que, de acordo com a consultora imobiliária Cushman & Wakefield, nos últimos anos o shopping figurou no ranking dos 20 endereços mais caros do varejo, ao lado de estabelecimentos famosos da 5ª Avenida (Nova York) e Champs-Elysées (França).