Há 50 anos, Ford lançou Galaxie 500 no Brasil

Por Alberto Nogueira

Lenda da indústria automobilística, objeto de desejo de muitos brasileiros da época e de atuais entusiastas, o Ford Galaxie 500 completa nesta quinta-feira (16) 50 anos de seu lançamento no país.

O número 500 em seu nome era uma referência às populares provas de 500 milhas nos Estados Unidos, onde o possante debutou em 1959, como uma versão do Ford Fairlane.

Mostrado no Salão do Automóvel de 1966, em São Paulo, o carro impressionava pelo seu porte e acabamento. Eram 5,33 metros de comprimento e 1780 kg. Em seu interior luxuoso, destacava-se o velocímetro horizontal.

Na época do lançamento brasileiro, o gerente-geral da multinacional americana no Brasil, John C. Goulden, elogiou a “capacidade de assimilação do operário brasileiro” e afirmou que tudo era “resultado de muito trabalho, dia e noite”, como publicou a Folha.

O modelo lançado no Brasil trazia um motor V8 de 164 cavalos e câmbio manual de três marchas. Em outras versões, a cavalaria chegou a 199. Sua direção hidráulica, uma novidade no país, fazia com que o Galaxie, apesar de todo seu tamanho e peso, fosse fácil de manobrar.

Por aqui, após seu lançamento, o luxuoso carro ganhou as versões LTD, com câmbio automático, e, posteriormente, LTD Landau (1971), considerada topo de linha.

Em 1983, a Ford encerrou a produção do carro. A linha de montagem da fábrica, no bairro do Ipiranga, zona sul de São Paulo, produziu 77.850 unidades em quase 16 anos de vida do modelo nacional.