Há 50 anos: Após 15 dias à frente do DET, Fares Borges ataca plano para o trânsito

Por Banco de Dados

O engenheiro Eduardo Fares Borges, ex-diretor do DET (Departamento Estadual de Trânsito), não poupou críticas à Operação Bandeirante e ao coronel Francisco Fontenelle.

Em entrevista de mais de duas horas, concedida em sua casa, Borges, que por 15 dias substituiu Fontenelle à frente do DET, desafiou o atual diretor a apresentar em 24 horas uma cópia do plano da Operação Bandeirante, que alterou o sistema viário no centro da capital paulista.

Ele citou que as últimas alterações no trânsito pioraram a vida de motoristas e moradores. Na terça (28), ônibus voltaram ao viaduto do Chá.