Há 50 anos: Costa e Silva propõe mudança no IR e faz convênio para excedente

Por Banco de Dados

Nesta quarta-feira (29), o presidente Arthur da Costa e Silva se reúne com o ministro Antônio Delfim Netto (Fazenda) para propor retificação na legislação do Imposto de Renda.

A proposta eleva de NCr$ 176 (cerca de R$ 1.887) mensais para NCr$ 500 (cerca de R$ 5.361) mensais o limite de isenção para pessoas físicas.

A medida, que visa beneficiar assalariados, também tenta corrigir distorções.

Na véspera, Costa e Silva assinou convênio com universidades de todo o país para que todos os excedentes (aluno que passou no vestibular, mas não pôde fazer a matrícula) possam estudar neste ano.