Há 50 anos: China testa bomba H e diz aplicar duro golpe à chantagem nuclear

Por Banco de Dados

A China explodiu no sábado (17), no deserto de Sinkiang, sua primeira bomba de hidrogênio.

O anúncio foi feito pela agência Nova China e, pouco depois, foi confirmado pela Comissão de Energia Atômica dos EUA, que informou que se trata de “bomba de hidrogênio de vários megatons”.

Com isso, a China se torna a quarta maior potência mundial, superando a França, que não testou uma bomba H.

O Partido Comunista chinês diz que a bomba põe fim ao “monopólio dos imperialistas norte-americanos e dos revisionistas soviéticos, constituindo duro golpe à política de chantagem nuclear”.