Eternizado como Han Solo e Indiana Jones no cinema, ator Harrison Ford chega aos 75 anos

Por Alberto Nogueira

O ator Harrison Ford, que deu vida ao mercenário intergaláctico Han Solo, de Star Wars, e ao arqueólogo aventureiro Indiana Jones nas telas de cinema, completa 75 anos nesta quinta-feira (13).

Ford nasceu em Chicago, em 13 de julho de 1942. E foi nos subúrbios da maior cidade do Estado de Illinois –terceira maior dos EUA– que ele cresceu e trabalhou como carpinteiro, após alguns pequenos papéis em séries e programas de TV.

A carreira cinematográfica do ator começou a ganhar rumo quando fez seu primeiro trabalho com o diretor George Lucas, na comédia dramática “Loucuras de Verão” (1973).

Quatros anos depois, também sob direção de George Lucas, Harrison Ford protagonizou Han Solo no filme de fantasia com pitadas de ficção científica “Star Wars” (1977), que se tornaria uma das mais importantes franquias do cinema e o elevaria ao status de estrela de Hollywood.

O ator esteve no papel do mercenário espacial em outros três filmes. No último deles, “Star Wars: O Despertar da Força” (2015), viveu sua última parceria com Carrie Fisher, morta em 27 de dezembro de 2016, vítima de um ataque cardíaco.

A atriz interpretava a princesa Leia, com quem o personagem de Ford se relacionou no primeiro filme, em 1977. Curiosamente, 40 anos depois, em sua biografia “The Princess Diarist”, Carrie disse que o envolvimento entre os dois havia ido além das telonas.

X

Harrison Ford também interpretou outros personagens celebres durante sua trajetória artística, como Indiana Jones, da franquia homônima dirigida por Steven Spielberg, e Rick Deckard, de “Blade Runner” (Ridley Scott, 1982).

Aliás, o ator viverá Deckard novamente, após 35 anos, na aguardada sequência “Blade Runner 2049”, prevista para este ano. Já o professor de arqueologia Indiana Jones voltará possivelmente em 2020, em seu quinto filme, ainda com título indefinido.

O americano também viveu o detetive John Book em “A Testemunha” (1985). O papel no suspense policial de Peter Weir rendeu-lhe a indicação ao Oscar de “melhor ator”, prêmio que, junto ao Globo de Ouro, nunca conquistou.

Mesmo sem grandes premiações, o ator pode se orgulhar de ter sido considerado o mais rentável de Hollywood por muitos anos. De acordo com o site Box Office Mojo, que contabiliza a arrecadação de filmes, atualmente ele ocupa a segunda posição da lista, com 41 filmes e US$ 4,9 bilhões, atrás de Samuel L. Jackson, que tem 72 filmes –incluindo o blockbuster “Os Vingadores”– e US$ 5 bilhões.

Nestes mais de 50 anos de carreira, Ford também contracenou com grandes atores. Marlon Brando e Robert Duvall, em “Apocalypse Now” (Francis Ford Coppola, 1979), Brad Pitt, em “Inimigo Íntimo” (1997), e Glenn Close, em “Força Aérea Um” (1997), são só alguns exemplos.

HERÓI TAMBÉM NA VIDA REAL

Em seus momentos de folga, o astro de Hollywood volta às origens de carpinteiro, como hobby, e pilota aviões e helicópteros. Inclusive já participou de operações de resgate de pessoas com seu helicóptero, como quando ajudou no salvamento de Cody Clawson, 13, um escoteiro perdido numa floresta dos EUA em 2001.

O gosto pelos ares também já colocou Ford em apuros. Em fevereiro de 2017, no comando de um de seus aviões, o ator/piloto errou a pista em que deveria pousar, no aeroporto John Wayne (Califórnia), e passou pouco acima de um Boeing 737, com 110 passageiros e seis tripulantes, que estava no solo.

Dois anos antes, no mesmo Estado americano, fez uma aterrissagem forçada em um campo de golfe. Pai de cinco filhos e casado desde 2010 com sua terceira mulher, a atriz Calista Flockhart, 52, o artista teve sua aeronave destruída, mas não sofreu ferimentos graves. Ufa!

Vida longa a Harrison Ford, Indiana Jones e Han Solo! [ALERTA DE SPOILER] — ops! Este último parece que se foi em “O Despertar da Força”…  :'(