HÁ 50 ANOS: Governo pede prisão de jornalista autor de críticas a Castello Branco

Por Banco de Dados

Pelos dispositivos do Ato Institucional nº 2 e do Ato Complementar nº 1, o ministro Luís Antônio da Gama e Silva (Justiça) ordenou nesta quinta (20) o confinamento do jornalista Hélio Fernandes.

A punição, segundo nota do governo, deu-se por causa de artigos publicados no jornal “Tribuna da Imprensa”, do Rio –onde Fernandes é diretor–, com críticas ao ex-presidente Castello Branco, morto no último dia 18.

Questionado, o jornalista assumiu a autoria dos textos sobre o ex-presidente. Agora, Fernandes será encaminhado ao confinamento na ilha de Fernando de Noronha (PE).