Arquivo - Categoria: Internacional

Há 50 anos: URSS volta a dizer não aos EUA, e relação entre as potências esfria

O primeiro-ministro da URSS, Alexei Kosygin, disse na Assembleia Geral da ONU que “regressará brevemente a Moscou” e negou-se a falar sobre a chance de encontro com o presidente dos EUA, Lyndon Johnson. A atitude do soviético esfria as relações entre os dois países, uma vez que os EUA têm insistido na realização de uma(…)

Há 50 anos: Após testar bomba H com êxito, China diz que não fará ataques

O primeiro-ministro da China, Chu En-Lai (na foto acima), afirmou neste domingo (18) que seu país jamais teve a intenção de usar a bomba de hidrogênio ou armas nucleares para atacar outras nações. A declaração foi dada antes da 5ª Reunião Plenária da Secretaria de Jornalistas Afro-Asiáticos, em Pequim. “Nosso maior êxito é que acabamos(…)

Há 50 anos: China testa bomba H e diz aplicar duro golpe à chantagem nuclear

A China explodiu no sábado (17), no deserto de Sinkiang, sua primeira bomba de hidrogênio. O anúncio foi feito pela agência Nova China e, pouco depois, foi confirmado pela Comissão de Energia Atômica dos EUA, que informou que se trata de “bomba de hidrogênio de vários megatons”. Com isso, a China se torna a quarta(…)

Há 45 anos, começava o caso Watergate, escândalo que levou Nixon à 1ª renúncia presidencial nos EUA

Há 45 anos, cinco homens foram presos quando tentavam colocar escutas telefônicas nos escritórios do Partido Democrata, no condomínio Watergate. A este evento sucedeu-se uma série de investigações, cobertura jornalística e, dois anos depois, a renúncia de Richard Nixon –37º presidente dos Estados Unidos e o único a declinar do cargo. Quem primeiro noticiou a(…)

Há 50 anos: Brasil contraria URSS e quer ONU isenta ao avaliar Oriente Médio

Após pressão da URSS para convocar a Assembleia Geral da ONU contra Israel –pela ação nos combates conhecidos como Guerra dos Seis Dias–, o Brasil se posicionou. Além de anunciar voto contrário, o Brasil defendeu que, em vez de julgar “a agressão de Israel”, como quer a URSS, a reunião avalie o Oriente Médio “com(…)

Há 50 anos: Sem apoio do Brasil, soviéticos pressionam ONU contra Israel

Os desdobramentos do conflito no Oriente Médio (conhecido como Guerra dos Seis Dias) continuam. Nesta quarta (13), enquanto os EUA estão dispostos a defender a integridade territorial da região, os russos exigiam da ONU uma reunião extraordinária. Nos EUA, o presidente Lyndon Johnson disse que a melhor política é “esperar que as coisas se esclareçam,(…)

Há 50 anos: Israel repele mediação da ONU e diz que só conversa com árabes

Vinte e quatro horas após o cessar-fogo no Oriente Médio, o primeiro-ministro de Israel, Levi Eshkol, afirmou que seu país não abrirá mão das posições que alcançou na guerra contra os países árabes. Ele ressaltou três pontos: 1- Não devolverá metade de Jerusalém para a Jordânia; 2- Não devolverá o golfo de Aqaba ao Egito;(…)

Há 50 anos: Israel avança sobre a Síria, e URSS rompe com o governo de Tel Aviv

Embora tenha acertado acordo de cessar-fogo com a Síria na ONU, Israel continua avançando sobre o território sírio. Aos gritos de “a Damasco”, tropas israelenses dominaram posições sírias ao longo da cordilheira de Golan. A ofensiva irritou os soviéticos. Em nota a Tel Aviv, o governo de Moscou rompeu com os israelenses e afirmou estar(…)

Há 50 anos: Israel derrota República Árabe, e ONU acerta cessar-fogo na região

Após 90 horas de guerra, israelenses e egípcios aceitaram o cessar-fogo proposto pelo Conselho de Segurança da ONU. Só a Argélia não aceita o acordo. Os últimos duelos entre Israel e a República Árabe Unida (como era conhecido o Egito) foram no Sinai, onde israelenses repeliram ataque que buscava retomar o local. Também nesta quinta(…)