Arquivo - Tag: Israel

Há 50 ANOS: Aviões israelenses atacam Egito às margens do canal de Suez

Forças aéreas israelenses bombardearam neste sábado (8) as cidades de Port Said e Port Fuad, situadas às margens do canal de Suez, no Egito. Um porta-voz de Tel Aviv confirmou a ação contra as fortificações egípcias nas margens do canal e disse que os ataques têm como objetivo silenciar as “baterias” egípcias que estão atirando(…)

Há 50 anos: Israel repele mediação da ONU e diz que só conversa com árabes

Vinte e quatro horas após o cessar-fogo no Oriente Médio, o primeiro-ministro de Israel, Levi Eshkol, afirmou que seu país não abrirá mão das posições que alcançou na guerra contra os países árabes. Ele ressaltou três pontos: 1- Não devolverá metade de Jerusalém para a Jordânia; 2- Não devolverá o golfo de Aqaba ao Egito;(…)

Há 50 anos: Israel avança sobre a Síria, e URSS rompe com o governo de Tel Aviv

Embora tenha acertado acordo de cessar-fogo com a Síria na ONU, Israel continua avançando sobre o território sírio. Aos gritos de “a Damasco”, tropas israelenses dominaram posições sírias ao longo da cordilheira de Golan. A ofensiva irritou os soviéticos. Em nota a Tel Aviv, o governo de Moscou rompeu com os israelenses e afirmou estar(…)

Há 50 anos: Israel derrota República Árabe, e ONU acerta cessar-fogo na região

Após 90 horas de guerra, israelenses e egípcios aceitaram o cessar-fogo proposto pelo Conselho de Segurança da ONU. Só a Argélia não aceita o acordo. Os últimos duelos entre Israel e a República Árabe Unida (como era conhecido o Egito) foram no Sinai, onde israelenses repeliram ataque que buscava retomar o local. Também nesta quinta(…)

Há 50 anos: Israel espreita Suez, e Brasil pede ajuda para tirar soldados de Gaza

Ao mesmo tempo em que obteve acordo de cessar-fogo na ONU com os países árabes, Israel manteve sua tropa rumo ao canal de Suez, tomando a cidade antiga de Jerusalém e consolidando a posição na faixa de Gaza. A República Árabe Unida (como era conhecido o Egito) acusou EUA e Grã-Bretanha de bombardearem posições no(…)